COMO BRILHAR COM PESSOAS? CONHEÇA UMA DAS CHAVES PARA MAXIMIZAR A SUA FORMA DE BRILHAR

Em uma reportagem o entrevistado expressa não confiar no profissional Coach.

 

Ele afirmar seu desejo desejo se afastar dos profissionais que exercem a atividade e diz “SABER que há PSICÓLOGOS REPARADOS” para tal atividade. Por isto, segundo ele, nem todos profissionais seriam charlatães!
 
Fato é que o ENTREVISTADO ganha a vida desmerecendo um sério trabalho que é feito para ajudar pessoas a transpor “pontes”. Ao ponto de ele instigá-las a não seguir, “porque, segundo o mesmo, o Coaching atua de forma muio positiva e a vida não é assim, que as pessoas devam ficar em seus cantos”.

“Não se preocupe com a luz do próximo, você ainda pode brilhar sem interferir. Para ter sucesso, una forças e torne-se farol: referência de caminho e segurança. Pois, a bem da verdade, a vitória isolada é temporária, mas, em time, você fica na história”. (Rafael Fernandes)

De forma geral, são consideradas legítimas as opiniões construtivas e sem ataques, sempre que fundamentadas em fatos.

 

VAMOS ESCLARECER? 

 
Processo de COACHING não tem relação com as atividades da PSICOLOGIA. Pois, esta última, tem foco no estudo do comportamento e as funções mentais. O Coach porém, foca no processo de transformação do Coachee (resumo), visando reflexões e novas atitudes. O Coach não atua sobre processos clínicos, nem pode. Por outro lado, mesmo que formado em psicologia, o profissional ao realizar um processo de Coaching, ele deixa esse “cap” para absorver o papel de Coach, unicamente.
 
São duas áreas MUITO importantes, nobres e distintas. Que podem somar, uma a cada momento!
 

QUAIS OS APRENDIZADOS DE TUDO ISTO?

 
São varias as razões que levam um profissional se dedicar a reduzir o brilho de algo ou alguém. O medo é um deles, talvez o principal. E a causa deste medo, muitas vezes, é o desconhecimento ou a inabilidade para seguir em algo que se deseja – fazendo-o optar por “destruir a minha de outro, por não poder ter acesso a ela“. Entende?
 
É o que conceito do: “Se eu não posso ter ninguém terá”
Ou também: “Se eu não posso ser o número 01, então, ninguém será.
 
É claro, este é um sentimento de egoísmo, que leva à destruição. E, a grande verdade esta na soma, na contribuição. Ao contrário do que se possa pensar, não está no brilho “do outro” a nossa sombra, porém, a nossa força – e assim, juntos, nos tornamos um farol.

 

Ficam assim, aqui para você, 02 dicas de ouro:

1) Não deixe a falta de conhecimento lhe boicotar.
2) Brilhe somando com a luz do próximo, e sua força será ainda mais poderosa.
 
 

Seja também você o canal para desenvolver pessoas.

Agora que este post contribuiu com você, é possível que ele faça o mesmo por mais pessoas em seu trabalho ou fora dele. Compartilhe-o em suas redes. E o melhor de tudo? É que esta é uma forma muito útil para você movimentar seu marketing pessoal, repassando conteúdos que agregam.
 

Você em outro nível. 

E se você quiser conhecer de forma mais ampla sobre as soluções que fortalecem a sua diferenciação de carreira e lhe posiciona para os holofotes, potencializando oportunidades de trabalho e crescimento nas empresas – Venha conversar diretamente com um especialista da Talent XP, mande uma mensagem diretamente via WhatsApp para (47) 9 9655-1174
 
Assinatura

Inscreva-se na
nossa Newsletter

Materiais de suporte à diferenciação, pra você!

Artigos recomendados

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Rolar para cima
Open chat
Vamos conversar?
Powered by